4 mins read

O que é o motivo torpe?

O que é motivo torpe exemplos?

36. Motivo torpe: é o motivo repugnante, abjeto, vil, que demonstra sinal de depravação do espírito do agente. O fundamento da maior punição ao criminoso repousa na moral média, no sentimento ético social comum. Ex.: cometer um crime impulsionado pela ganância ou pela ambição desmedida."
Em cache

O que é motivo torpe e fútil?

Motivo torpe: motivo reprovável e de grande repúdio social (exemplo: matar para conseguir herança). Motivo fútil: motivo totalmente insignificante e desproporcional (exemplo: matar por ter levado uma fechada no trânsito).
Em cache

O que é um motivo fútil?

Verbete pesquisado. Razão subjetiva que, por sua insignificância, não justifica a prática da infração penal. Constitui qualificativa do homicídio.

Qual a pena para homicídio por motivo torpe?

I – mediante paga ou promessa de recompensa, ou por outro motivo torpe; II – por motivo fútil. Pena – reclusão de 12(doze) a 30(trinta) anos.

O que é torpe na Bíblia?

A expressão “palavra torpe” aplicada na Bíblia, transmite o sentido de uma palavra suja ou apodrecida. Isso quer dizer que usar palavras torpes significa usar um linguajar indecoroso e pecaminoso. Por isso há várias recomendações bíblicas quanto ao modo de falar do povo de Deus.

O que são palavras torpes?

Significado de Torpe

Torpe é uma palavra que significa algo que cause repulsa, que seja nojento ou mesmo considerado como asqueroso. Muitas coisas podem ser consideradas como torpes, desde palavras passando até mesmo por atos de calamidade pública.

Como dizer torpe?

torpe1

  1. Impudico; obsceno.
  2. Sórdido; infame; ignóbil.
  3. Interesseiro.
  4. Nojento; impuro.
  5. Sujo; manchado.

O que é homicídio por motivo torpe?

Torpe é o motivo que ofende gravemente a moralidade média ou os princípios éticos dominantes em determinado meio social. O CP, no inciso II do art. 121 § Page 2 2 2.

O que é fútil exemplo?

O que é Fútil:

Fútil pode ser utilizado para designar um local fútil, uma loja fútil, um assunto ou até mesmo um programa de televisão fútil, que significa que não acrescenta nada a ninguém, não agrega em nada e não tem nenhum conhecimento.

O que é crime de dolo eventual?

Frequente em casos de homicídio – principalmente em crimes de trânsito –, o dolo eventual ocorre quando o agente não quer atingir certo resultado, mas assume o risco de produzi-lo.

O que é um crime fútil?

São dois, basicamente, os motivos que qualificam o crime de homicídio: o motivo fútil e o motivo torpe. Motivo fútil é aquele que se apresenta, como antecedente psicológico, desproporcionado com a gravidade da reação homicida, tendo-se em vista a sensibilidade moral média.

Quem é torpe?

1. Impudico; obsceno. 2. Sórdido; infame; ignóbil.

O que significa torpeza Bíblia?

Significado de Torpeza

Ação ou procedimento de ignóbil, vergonhoso, sórdido. Que demonstra indecências ou obscenidades. Qualidade do que é nojento ou repugnante. Etimologia (origem da palavra torpeza).

Qual o versículo da Bíblia que fala sobre palavras torpes?

Efésios 4 – 29. Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que seja boa para a necessária edificação, a fim de que ministre graça aos que a ouvem. 30.

Como age uma pessoa fútil?

A pessoa fútil é aquela que dá importância para coisas levianas, geralmente coisas caras, objetos e roupas de moda, e é normalmente conhecida por todos a sua volta como fútil.

Qual é o significado da palavra torpe ganância?

Busca incessante pelo lucro; agiotagem, usura. Vontade intensa e permanente de possuir ou de ganhar mais do que os demais.

O que é um crime atípico?

Já o fato atípico é o oposto, não é um delito, pois não é definido pela legislação. E quando a conduta não é determinada como crime, torna-se um fato atípico, pois não há aplicação de pena para a prática do ato.

Qual é a diferença entre dolo e culpa?

O dolo é a consciência e a vontade dirigida para a realização da conduta definida como crime. Assim, se o motorista quer atropelar e matar alguém, o que só muito excepcionalmente acontece, ocorre homicídio doloso. Já a culpa é o produto da negligência, da imperícia ou da imprudência.