7 mins read

O que é o que significa execução?

O que quer dizer quando o processo está em execução?

A execução é um processo que tramita perante o Poder Judiciário, visando ao cumprimento da obrigação que o devedor não adimpliu espontaneamente. Por meio da execução, o patrimônio do devedor pode ser penhorado para o pagamento da dívida.
Em cache

Quanto tempo pode durar um processo de execução?

O prazo médio de tramitação de um processo judicial no Brasil é de 2 anos e 3 meses do seu ajuizamento até a sua baixa. Em análise por espécie de justiça, verifica-se que na justiça estadual esse prazo médio é de 2 anos e 7 meses; na federal é de 1 ano e 8 meses; na justiça do trabalho é de 1 ano e 2 meses.

O que acontece depois de uma execução?

Apenas após o trânsito em julgado do processo de execução é que o pagamento, seja ele em depósito judicial ou em forma de bem penhorado, é liberado. No caso do bem penhorado, ele ainda é levado à leilão, para que seja convertido em dinheiro.

O que acontece depois da fase de execução?

A execução trabalhista é a fase do processo em que se cumpre a sentença. Ou seja: a parte derrotada precisa pagar o que deve. Essa etapa ocorre depois da condenação, quando as provas já foram analisadas e as testemunhas (se houver), ouvidas.

O que acontece depois de iniciada a execução?

Apenas após o trânsito em julgado do processo de execução é que o pagamento, seja ele em depósito judicial ou em forma de bem penhorado, é liberado. No caso do bem penhorado, ele ainda é levado à leilão, para que seja convertido em dinheiro.

O que acontece se o devedor não tiver bens para o pagamento?

Quando o devedor não possui bens para a penhora, devem os autos ser declarados suspensos na forma do art. 791 , III, CPC , inviável como o é a extinção sem a provocação da parte adversa. Apelo do credor a que se dá provimento para a suspensão do processo.

Quando o devedor não tem como pagar?

Quando o devedor não paga o débito, pode ocorrer: bloqueio na conta bancária, inscrição do nome nos órgãos de restrição ao crédito, restrição de circulação e transferência de veículo, penhora de bens de valor substancial e penhora de ações e quotas de sociedades empresárias.

Como pagar dívida em execução?

Para que a execução de dívida seja iniciada, é preciso que o credor tenha conquistado sentença na justiça determinando o pagamento da dívida e autorizando o processo. Na execução de dívida, o Poder Judiciário é acionado como forma de coagir o devedor ao pagamento.

Como saber se o processo está na fase de execução?

Fase de execução

  1. Quando o autor da ação já possui um título executivo;
  2. Quando se busca a efetivação de um direito já reconhecido em sentença transitada em julgado (que não pode mais ser alterada porque não cabem mais recursos).

Quais são os bens que não podem ser penhorados?

Vestuários e pertences pessoais também não podem ser levados à penhora, pelo mesmo motivo dos móveis e utensílios domésticos: são necessários para a subsistência e para que o sujeito possa ter uma vida digna.

Quais dívidas podem bloquear bens?

Quais bens podem ser penhorados por dívidas de cartão?

  • Dinheiro em espécie/depósito ou aplicação em instituição financeira.
  • Títulos da dívida pública da União, dos Estados e do Distrito Federal com cotação em mercado.
  • Títulos e valores mobiliários com cotação em mercado.
  • Veículos de via terrestre.
  • Bens imóveis.

O que fazer se o executado não tem bens?

Caso não encontre nenhum bem, pode ser pedido o sobrestamento do feito por um prazo pré-determinado (Ex.: 180 dias), período em que se espera que novos bens apareçam e possam ser penhorados posteriormente.

O que acontece se a pessoa não tem bens para penhorar?

Se o devedor não possui bens em seu nome que possam ser penhorados, cabe ao juiz do processo determinar meios alternativos de pagamento da dívida, como um percentual do salário. Entretanto, isso depende da natureza da dívida, pensões alimentícias, por exemplo, são um caso onde a penhora pode ser executada.

O que acontece quando a dívida vai para execução?

A execução de dívida nada mais é do que a cobrança judicial de uma dívida. Ela é utilizada como último recurso, quando as cobranças extrajudiciais não surtem efeito para recebimento do título. A execução de dívidas pode levar ao uso dos bens do devedor para quitação do débito.

Qual o prazo para o devedor pagar na execução?

829. O executado será citado para pagar a dívida no prazo de 3 (três) dias, contado da citação.

O que acontece quando o réu não tem bens para penhorar?

De acordo com o Código de Processo Civil (CPC), quando o devedor não possui bens passíveis de penhora, o processo pode ser suspenso. Essa … Na penhora, o juiz ou o próprio devedor pode indicar o bem para ser penhorado. Já no arresto, é indeterminado.

O que acontece se eu não pagar minha dívida com o banco?

Se isso acontecer, o devedor pode entrar em contato com o banco para tentar negociar a dívida. Outra opção é penhorar bens materiais da pessoa (como um imóvel). A penhora pode acontecer, por exemplo, quando o valor dos bens é igual ou maior que a dívida com o banco.

Quais os bens que podem ser penhorados para pagar dívidas?

Quais bens podem ser penhorados para pagar dívidas?

  • Dinheiro, em espécie ou em depósito ou aplicação em instituição financeira.
  • Títulos da dívida pública da União, dos Estados e do Distrito Federal com cotação em mercado.
  • Títulos e valores mobiliários com cotação em mercado.
  • Veículos de via terrestre.
  • Bens imóveis.