6 mins read

O que é o teste CAT-A?

O que é o CAT-A?

O Teste de Apercepção Temática Infantil (CAT-A) é um instrumento que sempre ocupou um lugar importante na clínica com crianças, sendo um dos principais instrumentos projetivos usados neste contexto (Herzberg & Mattar 2005).
Em cacheSemelhantes

Qual a diferença entre o CAT-A e O Cat-H?

Tais estudos envolvem as três formas do CAT: CAT-A (Bellack e Bellack,1949/1991), a primeira a ser criada e composta por figuras de animais; CAT-H, formado por figurashumanas (Bellack e Hurvich, 1965; Bellack e Bellack, 1981) e o CAT – S, um suplemento do CAT (Bellack, 1966), que também inclui figuras de animais, mas …

Como se aplica o CAT-A?

Deve ser aplicado individualmente e em regra a duração pode variar, mas não deve ultrapassar a uma hora. Solicita-se à criança que conte uma história sobre cada uma das dez gravuras que lhe são apresentadas. Na interpretação do CAT, deve-se ter atenção às verbalizações e associações entre as gravuras.

O que é o Cat-H?

O Teste de Apercepção Temática – CAT-H é uma técnica projetiva temática, que visa compreender o mundo vivencial da criança a partir da interpretação de histórias narradas aos estímulos apresentados. Está composta por 10 cartões que devem ser apresentados à criança.

Quem criou o CAT A?

Leopold Bellak

A partir de suas experiências com crianças, o CAT-A foi criado por Leopold Bellak e Sonya Sorel Bellak em 1949, ao constatarem que é mais fácil para crianças pequenas identificarem-se com animais do que com pessoas (Bellak & Bellak, 1949 / 1991).

Quais são os tipos de CAT?

Existem três tipos de CAT: CAT inicial, CAT de reabertura e CAT de óbito. Cada uma deve ser emitida em uma ocasião específica.

Quais são os 3 tipos de CAT existentes?

Existem três tipos de CAT: CAT inicial, CAT de reabertura e CAT de óbito. Cada uma deve ser emitida em uma ocasião específica.

Qual o objetivo é para que é utilizado a CAT?

Para que serve a CAT? A CAT atesta que houve acidente ou doença ocupacional, dando respaldo legal tanto para o trabalhador quanto para a empresa e o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Ou seja, ela tem finalidade trabalhista e previdenciária, servindo como prova do fato ocorrido.

O que é CAT E a quem se aplica?

A CAT, ou também conhecida como Comunicação de Acidente de Trabalho, é um recurso utilizado quando o profissional sofre um acidente durante seu expediente, ou ainda, caso ele desenvolva algum tipo de doença proveniente do exercício de sua função na empresa.

Para que funciona o CAT?

A Comunicação de Acidentes de Trabalho (CAT) é o documento que informa ao INSS que o trabalhador sofreu acidente de trabalho ou suspeita-se que tenha adquirido uma doença de trabalho. Em caso de acidente ou doença a empresa deve emitir a CAT e ser preenchida pelo RH da empresa.

O que é CAT exemplos?

O CAT é um documento que deve ser preenchido pela empresa em casos de acidentes de trabalho, de trajeto, doenças ocupacionais, equiparáveis ou óbito. Sua finalidade é informar à Previdência Social sobre o ocorrido e fazer com que o colaborador, ou seus familiares, tenham todos os seus direitos assegurados.

Quem é que faz a CAT?

A CAT deve ser emitida quando o trabalhador sofrer acidente de trabalho, acidente de trajeto ou ainda uma doença ocupacional. O responsável pela comunicação é o empregador e deve fazê-la assim que tomar conhecimento do ocorrido em no primeiro dia subsequente ou, em situação de óbito do indivíduo, imediatamente.

Quem fica com a CAT?

O trabalhador fica com uma cópia fiel da CAT, assim como o sindicato que o representa, o INSS, o SUS, a DRT (Delegacia Regional do Trabalho) e a própria empresa também ficam com uma cópia, todas protocoladas no INSS.

O que o CAT garante?

Os benefícios são: auxílio doença acidentário, auxílio acidente, aposentadoria por invalidez acidentária e pensão por morte acidentária. Imagine o valor da devolução de uma aposentadoria por invalidez acidentária, o quão alto seria.

Quem tem que emitir a CAT?

– Quem tem que fazer a abertura de CAT? Quem é responsável pela abertura da CAT é a empresa onde o funcionário atua. Caso ela se recuse a fazer a notificação, o médico que acompanhou o indivíduo, sindicato, perito ou qualquer outra autoridade pública pode abrir o documento de acidente de trabalho.

Quem faz a CAT?

A abertura da Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) é obrigatória e deve ser feita pelo empregador no momento de identificação, suspeita ou agravamento da doença ou lesão, mesmo que o colaborador ainda não tenha sido afastado, pois após a emissão do documento o afastamento deve ocorrer e ser encaminhado ao INSS.

Como saber se meu CAT foi aprovado?

Trabalho, Emprego e Previdência

  1. Entre no Meu INSS;
  2. Clique em “Do que você precisa?” e escreva “comunicação de acidente”er;
  3. Clique em “Consultar CAT” e depois em “Baixar PDF”.

Quais são os três tipos de CAT?

Existem três tipos de CAT: CAT inicial, CAT de reabertura e CAT de óbito. Cada uma deve ser emitida em uma ocasião específica.