5 mins read

O que é Oja na Umbanda?

Quem pode usar ojá?

Voltando aos ojás, qualquer pessoa pode usá-los, mesmo que não seja iniciado (abiã). Como dissemos, ele tem a função de proteger e embelezar. Sendo assim, empodere-se, vista seu torço como uma coroa e mostre o orgulho por sua ancestralidade.
Em cache

Para que serve o ojá?

Diferentemente do alá, o ojá é peça que incorporamos as nossas vestimentas cotidianas, usando-o para proteger nossa ori (cabeça), mas, também, para indicar nosso pertencimento ao Candomblé.

Para que serve o ojá na Umbanda?

O pano de cabeça, ou ojá, não é apenas um enfeite do traje feminino. Seu uso é de extrema importância. Além de marcar a hierarquia, tempo de iniciação entre os médiuns, serve como proteção para a coroa, contra energias pesadas e algumas quizilas.
Em cache

O que é um ojá no candomblé?

Ojá de abiã e iaô, é uma tira embainhada de mais ou menos dois metros de comprimento por trinta centímetros de largura, feitas de tecido morim ou cretone sempre branco que à cor de Oxalá.

Porque cobrir o Ori?

Orí é um balão inflável, se recebe ar puro e saudável, ele se expande de modo saudável; se não recebe ar; ele não se expande, mas vive “feliz” do mesmo modo; se recebe ar poluído, ele se expande com o ar sujo e poluído.

O que é um Atakan?

A palavra a Àtàkàn vem do yorùbá: Àtà=cumeeira, que neste caso, faz alusão ao alto da cabeça, ou seja, segurar pela cabeça. Isso porque, a incorporação começa pela cabeça. Kàn=atingir ou realizar uma boa incorporação. Então, o Àtàkàn é a faixa que proporciona segurança e uma boa incorporação.

Quem pode usar Alaká?

QUEM PODE USAR: A utilização do Pano de Cabeça é restrita às mulheres (o Babalòrìsà “em sua casa” tem a autonomia de optar ou não pelo uso. O pano de cabeça, poderá ainda ser utilizado por homens, em obrigações internas em que o mesmo está “recebendo asè, como por exemplo Bori”);

Quem usa alaka?

Também conhecido como alaká, pano-de-alaká ou pano-de-cuia, o pano-da-costa é de origem africana e compõe a indumentária da roupa de baiana.

Como chama o colar que umbandista usa?

Na Umbanda os colares ritualísticos recebem o nome de guia, por representarem a Entidade ou Guia Espiritual de cada religioso. Estas guias são feitas de miçangas de porcelana, sintéticas ou cristal. Antes de serem usadas as guias são lavadas e defumadas com ervas especificas de cada Entidade ou Guia Espiritual.

Onde fica o Ori da pessoa?

Espiritualmente, a cabeça como o ponto mais alto (ou superior) do corpo humano representa o Ori, não existe um Orixá que apoie mais o homem do que o seu próprio Ori.

Como saber quem é meu Ori?

Como descobrir meu Orixá de cabeça? – Para descobrir o seu Orixá de cabeça através da Numerologia dos Orixás, é preciso somar a data completa do seu aniversário. Se a sua data de nascimento é o dia 12/09/1991, esse número precisa ser somado por completo: 1+2+0+9+1+9+9+1=31.

É possível incorporar Oxalá?

Orixá puro não incorpora. Quando perguntado sobre existir entidades de OXALÁ, nos respondeu que: Não tem essa possibilidade, assim como não tem Caboclo cruzado com OXALÁ.

Quem pode usar Ekete?

O eketé, ojá ou boinas são acessórios usados pelo candomblé que para defender os iniciados, ou quem está em fase de confirmação na crença, dos perigos externos.

Porquê usar pano de costas na Umbanda?

O pano-da-costa é de uso exclusivo da mulher nos cultos afro-brasileiro, porque uma das principais funções do mesmo é proteger os orgão reprodutores das mulheres, das Yamis, já que as energias emanadas das mesmas prejudicam muito todo o aparelho reprodutor da mulher.

Como se vestir para ir ao terreiro de Umbanda?

Recomenda-se de forma geral, roupas confortáveis, brancas ou claras. Quanto ao uso de sapatos, algumas pessoas estarão descalças. Isso não é uma regra e varia de terreiro para terreiro, mas acaba sendo algo muito comum dentro dos templos.

O que significa o Pano da Costa?

O pano da costa é parte integrante da indumentária de baiana característica das ruas de Salvador e do Rio de Janeiro no século XIX. Usado sobre os ombros, o pano da costa teria, como principal função, de acordo com o pesquisador Raul Lody (2003), distinguir o posicionamento feminino nas comunidades afro-brasileiras.

Porque não pode tocar na guia?

O problema está no choque com a guia, que pode acabar gerando deformações permanentes nas pistas ou nas esferas, ocasionando barulho e, pior, se os rolamentos não forem substituídos, poderão travar a roda e causar um acidente.

O que é cruzar a guia?

2 dias atrás

Cruzar guia é um ritual realizado pelos umbandistas que consiste em cruzar os contas de sua guia com a guia de outro praticante. A guia é um colar feito de contas coloridas que representam os orixás e entidades espirituais venerados na umbanda.