5 mins read

O que é pericárdio fibroso?

Qual a função do pericárdio fibroso?

Proteção contra infecção – O pericárdio fibroso serve como uma barreira física entre o corpo muscular do coração e os órgãos adjacentes propensos a infecções, como os pulmões.

O que é pericárdio fibroso e seroso?

O pericárdio consiste em dois sacos: o pericárdio fibroso externo e o pericárdio seroso interno. O pericárdio seroso consiste em uma camada parietal externa de frente para o pericárdio fibroso, e uma visceral interna próxima ao coração (epicárdio), e uma cavidade pericárdica entre estas duas camadas.
Em cache

Quais são as principais doenças que afetam o pericárdio?

Entre as enfermidades que podem se desenvolver estão a pericardite, pericardite constritiva, tuberculose, derrame pericárdico, no qual pode haver um acúmulo de plasma, sangue, pus, entre outras substâncias no espaço pericárdico, a presença de tumores, lesões traumáticas por pancada violenta ou perfuração e processos …

O que é pericárdio e qual a sua função?

O coração não está completamente solto em nosso tórax. Para manter a sua posição ideal e bater de forma eficiente, ele é revestido por uma membrana chamada pericárdio. Ela envolve e confere estabilidade ao coração e às raízes dos grandes vasos sanguíneos.

O que pode causar a pericardite?

As causas mais comuns são infecciosas, transmitidas por vírus e bactérias. Entre os vírus mais frequentes, destacam-se enterovírus, ecovírus, epstein barr, herpes simples, influenza e citomegalovírus. “Quando a causa é viral, o tratamento é sintomático para diminuição da dor.

O que tem dentro do pericárdio?

O pericárdio é preenchido por uma pequena quantidade de fluido (líquido pericárdico) nas suas cavidades. O líquido pericárdio atua como lubrificante, reduzindo o atrito entre o coração e os tecidos circundantes durante os batimentos cardíacos.

O que é pericárdio normal?

O pericárdio é uma membrana que envolve o coração em sua parte externa, criando uma espécie de parede entre o órgão e o restante do corpo. Dentro dessa membrana, líquidos são armazenados, servindo como lubrificante para o coração, facilitando seus batimentos.

O que causa inflamação do pericárdio?

Pericardite é a inflamação do pericárdio, uma membrana ou espécie de saco que envolve e protege o coração. Em 90% dos casos, a doença é causada por um vírus, como o da gripe, por exemplo. Nas demais situações, pode ser gerada por bactéria, fungos, alguns parasitas, tumores e doenças reumatológicas, entre outros.

Quem tem pericardite pode fazer esforço?

Se o paciente não apresentar complicações, ele pode fazer tratamento oral em casa, devendo, contudo, evitar esforços. Pacientes com a forma mais grave de pericardite, derrame pericárdico ou, ainda, aqueles que apresentam alguma outra doença grave associada devem ser hospitalizados para seguir com o tratamento.

O que acontece se não tratar a pericardite?

A principal complicação da pericardite aguda é a formação de líquido em grande quantidade no pericárdio, causando o tamponamento cardíaco. Isso acontece porque o coração fica excessivamente comprimido pela quantidade de líquido ao redor dele. Nesses casos, é preciso fazer uma drenagem imediata.

Como é a dor de pericardite?

Sintomas. O principal sintoma da pericardite aguda é uma dor em pontada, repentina e forte, bem no meio do peito, que varia de intensidade com a mudança de posição: aumenta quando a pessoa deita e diminui, quando sentada, inclina o corpo para frente.

Qual vírus causa pericardite?

Pericardite Aguda

As causas mais comuns são infecciosas, transmitidas por vírus e bactérias. Entre os vírus mais frequentes, destacam-se enterovírus, ecovírus, epstein barr, herpes simples, influenza e citomegalovírus. “Quando a causa é viral, o tratamento é sintomático para diminuição da dor.

Qual exame que detecta pericardite?

Esse problema pode ser investigado através do Raio-X e do Eletrocardiograma. Outro exame comum de ser indicado é o Ecocardiograma, conhecido também como ultrassom do coração. Ele é essencial porque permite detectar se o pericárdio está mais espesso.

Quais as sequelas da pericardite?

A principal complicação da pericardite aguda é a formação de líquido em grande quantidade no pericárdio, causando o tamponamento cardíaco. Isso acontece porque o coração fica excessivamente comprimido pela quantidade de líquido ao redor dele. Nesses casos, é preciso fazer uma drenagem imediata.