6 mins read

O que é peritônio e qual a sua função?

Qual o sintoma de câncer no peritônio?

Os sintomas do câncer de peritônio são vagos e, quando ocorrem, a doença já progrediu. Muitos dos seguintes sinais são causados ​​pelo acúmulo de líquido (ascite) no abdômen: Desconforto abdominal (indigestão, pressão, inchaço ou cólicas);

O que causa câncer no peritônio?

A especialista relata ainda que, na rotina médica, a maioria dos casos de câncer no peritônio é consequência de metástase, ou seja, quando as células cancerosas se originam em outro órgão e avançam para o peritônio. Nesse caso, a origem provável é câncer colorretal, de ovário, estômago ou pâncreas.
Em cache

Quais órgãos ficam no peritônio?

O peritônio é constituído por duas camadas, parietal – revestindo a parede abdominal e parte do diafragma – e visceral – que forma uma cobertura completa em órgãos como o estômago, baço, pâncreas e fígado, e uma cobertura parcial na bexiga e parte dos intestinos.
Em cache

O que é e onde fica o peritônio?

O peritônio é a maior membrana do corpo. Ela reveste o interior do abdômen (barriga) abrangendo e protegendo todos os órgãos nele contidos (intestino, fígado, estômago, ovários, entre outros).

Como é a dor no peritônio?

Os principais sinais e sintomas da peritonite são dor abdominal aguda e hipersensibilidade abdominal intensa, as quais são exacerbadas por quaisquer movimentações do peritônio , como acontece ao tossir, na flexão dos quadris e no pressionar e liberar a mão sobre o abdome , por exemplo.

Como curar câncer peritoneal?

Novos Tratamentos

Hoje existem técnicas cirúrgicas, como a cirurgia citorredutora radical, associadas à quimioterapia intraperitoneal hipertérmica, HIPEC, e à quimioterapia intravenosa peroperatória que permitem o tratamento da lesão.

Tem cura câncer no peritônio?

O importante é se lembrar que o câncer peritoneal é tratável e curável, aumentando a sobrevida, com qualidade, a grande parte dos pacientes.

Qual o tipo de câncer que cresce a barriga?

O câncer de ovário tende a se espalhar na cavidade abdominal. Em 80% das mulheres, quando o tumor é descoberto, as células adiposas na região da barriga já foram atingidas. Muitas vezes o crescimento do câncer no tecido gorduroso é maior do que no próprio órgão do sistema de reprodução feminino.

Qual exame detecta câncer de peritônio?

Diagnóstico do câncer de peritônio

ressonância magnética; biópsia do tecido afetado; exames de sangue para analisar os marcadores tumorais; colonoscopia e endoscopia também podem ser utilizadas para verificar se o tumor se espalhou para o intestino ou o estômago.

Quais os sintomas de doença no peritônio?

Quais sinais e sintomas servem de alerta?

  • redução do apetite.
  • perda de peso sem causa aparente;
  • dor abdominal constante;
  • ascite (acúmulo de líquido) abdominal;
  • distensão (inchaço) abdominal;
  • hérnias umbilicais ou inguinais;
  • constipação ou diarreia;
  • náuseas;

O que causa infecção no peritônio?

São vários os fatores que podem levar ao desenvolvimento de uma peritonite: doenças gastrointestinais, lesões na cavidade abdominal ou procedimentos médicos que levam à infecção ou irritação do peritônio, provocando sinais e sintomas como dor e sensibilidade abdominal, febre, vômitos ou prisão de ventre.

O que causa inflamação no peritônio?

A inflamação da membrana peritoneal costuma ser consequência de uma infecção , mas mesmo quando por outras causas, a elas geralmente se sobrepõe uma infecção secundária.

É possível retirar o peritônio?

Em alguns casos, pode ser necessário até mesmo retirar o peritônio da região acometida para que o procedimento seja efetivo. Como essa é uma cirurgia altamente invasiva, só é indicada para pacientes em que a citorredução completa é possível.

Como é feita a cirurgia do peritônio?

A técnica consiste em duas fases: cirúrgica, chamada cirurgia citorredutora, na qual é retirada toda a lesão visível. Procedimento que pode chegar a até 12 horas de duração, dependendo da extensão da lesão. “Esse procedimento normalmente envolve múltiplas ressecções viscerais, ou seja, de retirada de parte de órgãos.

Qual o tipo de câncer mais difícil de curar?

De acordo com França, o câncer de pâncreas é um tumor que cresce rapidamente e de forma silenciosa, dificultando sua detecção e as chances de cura. Sem tratamento, ele tende a se espalhar por outras partes do corpo, causando a chamada metástase.

Qual médico trata peritônio?

O especialista para esta cirurgia é o Cirurgião Oncológico, sendo que esta é uma área de atuação específica dentro da especialidade.

Qual o melhor tratamento para câncer no peritônio?

É o HIPEC, quimioterapia hipertérmica intraperitoneal. Cirurgião oncológico, Dr. Jorge Malli Junior descreve que este é hoje o procedimento com maiores chances de tratar o câncer do peritônio, principalmente quando ele é secundário e vem de metástases de outros órgãos como ovários, colo retal, estômago e apêndice.

Qual exame detecta câncer no peritônio?

Diagnóstico do câncer de peritônio

ressonância magnética; biópsia do tecido afetado; exames de sangue para analisar os marcadores tumorais; colonoscopia e endoscopia também podem ser utilizadas para verificar se o tumor se espalhou para o intestino ou o estômago.