6 mins read

O que é resenha e quais os tipos?

Quais são os tipos de resenha?

Existem três tipos de resenha que podem ser empregados na hora de realizar um trabalho: a resenha descritiva, crítica e científica. Essa divisão é feita para especificar os detalhes de cada maneira de fazer a resenha, entender o texto-fonte e aprofundar a análise.
Em cache

O que é fazer uma resenha?

A resenha é um texto de natureza descritiva. Por isso, a estrutura deve compreender introdução, desenvolvimento e conclusão. No entanto, você não deve marcar as partes através de quebras com títulos e subtítulos. A resenha deve ser um texto corrido, sem quebras.

Como é uma resenha exemplo?

Resenha é um texto curto que tem como objetivo transmitir ao leitor a ideia contida em um livro, um artigo ou um filme, por exemplo. Há dois tipos de resenha: descritiva e crítica. A resenha descritiva faz a descrição de uma obra, por exemplo, de um livro.
Em cache

Quais são os elementos de uma resenha?

Sobre a estrutura, a resenha crítica, normalmente, é composta por título, introdução, desenvolvimento e conclusão.

O que é uma resenha e suas características?

Resenha é um gênero textual que tem o objetivo de fazer levantamentos críticos ou comentários a respeito de um livro, filme, peça teatral etc. Como se trata de um texto que aborda outro texto, são necessários alguns procedimentos a fim de que as vozes dos autores (da resenha e da obra resenhada) não se misturem.

Quais as 5 características essenciais de uma resenha?

Descrição da obra analisada; Resumo das informações contidas no texto-base; Inclusão de citações da obra resenhada para ilustrar um comentário; Apresentação da opinião do leitor sobre o texto-base; Além disso, a elaboração de uma resenha requer os princípios básicos de qualquer texto: a coerência e a coesão.

O que não pode faltar em uma resenha?

Informações bibliográficas do material a ser resenhado: autor, título da obra, lugar e data de publicação e identificação das páginas (no caso de livros). Resumo com conteúdo da obra: exposição com os principais pontos apresentados no material resenhado.

Qual a diferença entre um resumo é uma resenha?

A diferença entre resumo e resenha está basicamente na quantidade de informações apresentadas sobre a obra. Enquanto um resumo contém apenas a reunião dos fatos centrais de uma criação, uma resenha apresenta, além desse mesmo compilado, informações adicionais sobre a peça, como análises sobre seu contexto e objetivos.

Como fazer uma resenha simples e fácil?

Como fazer uma resenha em 7 passos: o guia definitivo para elaborar uma resenha perfeita

  1. Identifique e apresente a obra analisada.
  2. Faça um panorama inicial.
  3. Descreva a estrutura da obra.
  4. Discorra sobre conteúdo.
  5. Faça sua análise crítica.
  6. Identifique o público-alvo e faça recomendações.
  7. Discorra um pouco sobre o autor.

O que não pode faltar na resenha?

Informações bibliográficas do material a ser resenhado: autor, título da obra, lugar e data de publicação e identificação das páginas (no caso de livros). Resumo com conteúdo da obra: exposição com os principais pontos apresentados no material resenhado.

Quais são as etapas de uma resenha?

Na introdução,. deve-se deixar claro as informações bibliográficas do texto e contextualizar o assunto sobre o qual se fala. No desenvolvimento, deve-se apontar as ideias e argumentos principais da obra. Por fim, na conclusão, você deve dar sua opinião de forma mais direta.

Qual a diferença da resenha para o resumo?

Sobre a diferença entre resenha e resumo, podemos pontuar o seguinte: resenha é um texto de análise, crítica, comparações e opinião; resumo é um texto descritivo e imparcial, ou seja, não faz julgamentos ou avaliações e não vai além do que foi apresentado na obra.

Como iniciar uma resenha exemplo?

Para começar a resenha, é necessário fazer uma exposição inicial sobre a obra, o tema e o autor. Essa parte inicial é mais informativa e tem como intuito situar o leitor para que ele saiba o que vai encontrar no texto.

Quantas linhas tem que ter uma resenha?

Se a resenha é de um livro, deve ter cerca de 6 a 8 parágrafos e de 60 a 90 linhas (de duas a três laudas, no máximo), ou cerca de 1.200 palavras. Deve haver um equilíbrio entre informar, analisar e opinar, em espaço relativamente curto.

Porque resenha não é resumo?

Sobre a diferença entre resenha e resumo, podemos pontuar o seguinte: resenha é um texto de análise, crítica, comparações e opinião; resumo é um texto descritivo e imparcial, ou seja, não faz julgamentos ou avaliações e não vai além do que foi apresentado na obra.

Qual frase começar uma resenha?

Para começar a resenha, é necessário fazer uma exposição inicial sobre a obra, o tema e o autor. Essa parte inicial é mais informativa e tem como intuito situar o leitor para que ele saiba o que vai encontrar no texto.

Porque a resenha não é um resumo?

Sobre a diferença entre resenha e resumo, podemos pontuar o seguinte: resenha é um texto de análise, crítica, comparações e opinião; resumo é um texto descritivo e imparcial, ou seja, não faz julgamentos ou avaliações e não vai além do que foi apresentado na obra.

Que palavras usar para iniciar uma resenha?

Vocês podem iniciar a frase, empregando a metonímia, substituindo, por exemplo, o “Freitas afirma” por “A obra afirma…”. Um procedimento que auxilia bastante a descrição sobre os ditos e feitos do autor na obra é a empatia. Imaginem-se autores em produção.