5 mins read

O que é Siscomex remessa?

O que é para que serve e como usar o Siscomex?

O Siscomex cria um fluxo único de procedimentos e faz desde o registro dos pedidos até o acompanhamento e controle das atividades realizadas. Com ele, o profissional pode consultar legislações, obter autorizações, certificações e licenças para realizar suas atividades relacionadas com o comércio exterior.
Em cache

Como funciona o Siscomex?

No Portal Siscomex, a burocracia referente aos processos administrativos é reduzida, e o trabalho do importador ou exportador é simplificado, já que todas as operações ficam concentradas em um sistema único. Se, por exemplo, ele precisa verificar dados, consegue fazê-lo com mais agilidade.

O que é declaração de importação de remessa?

O que é declaração de importação

A declaração de importação, também conhecida como DI, consiste em um documento que registra os dados do processo de importação de mercadorias. É nela que são informados detalhes como dados do fabricante, importador, classificação fiscal da mercadoria e valores de impostos.

Quem utiliza o Siscomex?

Quem deve usar o Siscomex? O uso do Siscomex é obrigatório para todas as empresas que exercem a atividade no mundo do comércio. Os profissionais de comércio exterior não têm a opção de não usar o sistema ou de utilizar outros recursos para a realização dessas atividades.

Quais são as 3 três modalidades de habilitação do Siscomex?

Para que um declarante de mercadorias pessoa jurídica possa operar no comércio exterior, salvo em alguns casos de dispensa de habilitação, deverá estar habilitado no Sistema Integrado de Comércio Exterior – Siscomex, seja na modalidade Expressa, Limitada ou Ilimitada.

Qual a Taxa de utilização do Siscomex?

R$ 115,67

Segundo o artigo 1º da Portaria ME nº 4.131/21 e a Instrução Normativa nº 2024/21, a Taxa de Utilização do Siscomex fica alterada para: R$ 115,67 devida por DI ou Duimp.

Quem pode se habilitar no Siscomex?

Quem pode se habilitar no Radar Siscomex? Em síntese, é permitida a habilitação no Radar para pessoas físicas e jurídicas que desejam realizar importação e exportação.

Como é calculada a taxa Siscomex?

Segundo o artigo 1º da Portaria ME nº 4.131/21 e a Instrução Normativa nº 2024/21, a Taxa de Utilização do Siscomex fica alterada para: R$ 115,67 devida por DI ou Duimp. R$ 38,56 para cada adição, observados os seguintes limites: até a 2ª adição – R$ 38,56.

É preciso declarar remessa para o exterior?

E a pergunta que muitos fazem é: é preciso declarar remessas para o exterior no Imposto de Renda? E a resposta é sim! As transferências para outros países devem ser declaradas na Receita Federal.

Como declarar remessa para o exterior?

A declaração deve ser feita na aba “Bens e Direitos – Depósito Bancário em conta-corrente no exterior”. O saldo é do dia 31 de dezembro do ano declarado. Não há um campo específico para declarar cada remessa enviada para essa conta no exterior.

O que precisa para acessar o Siscomex?

Para acessar o Siscomex é necessário realizar a Habilitação Siscomex, junto à RFB (Receita Federal do Brasil) e possuir Certificado Digital.

Quais os tipos de Radar Siscomex?

As modalidades de habilitação no Radar Siscomex são divididas em pessoa jurídica e pessoa física.

Quem paga a taxa Siscomex?

Em síntese, a taxa Siscomex é paga como contrapartida pela utilização do sistema Siscomex. Essa taxa foi instituída pela Lei nº 9.716/98, apenas para o registro da Declaração de Importação, no valor de R$ 30 por registro, acrescidos de R$ 10 para a primeira adição à declaração.

Como é calculado o Siscomex?

Novos valores da Taxa Siscomex vigente desde junho de 2021 💰

Segundo o artigo 1º da Portaria ME nº 4.131/21 e a Instrução Normativa nº 2024/21, a Taxa de Utilização do Siscomex fica alterada para: R$ 115,67 devida por DI ou Duimp. R$ 38,56 para cada adição, observados os seguintes limites: até a 2ª adição – R$ 38,56.

Qual a diferença entre Radar e Siscomex?

Como foi dito, RADAR é um registro feito na Receita Federal para obter autorização para a importação e exportação de mercadorias e serviços. Já o SISCOMEX é o sistema utilizado para viabilizar esses processos, pois é feito o registro de uma Declaração de Importação (DI) em cada compra no exterior.

Quanto custa Siscomex?

Tendo em vista o exposto acima, o registro de uma DI ou DUIMP simples, de apenas uma adição, passará a pagar uma Taxa de Siscomex de R$ 154,23 a partir de junho/2021, ao invés dos R$ 214,50 pagos atualmente perfazendo uma redução de 28%.

Quais remessas para o exterior são isentas de Imposto de Renda?

De acordo com a Receita Federal, não há incidência de imposto sobre remessas realizadas para cobertura de despesas com a manutenção de residentes, como cônjuge e filhos, no exterior, independentemente do valor.

Qual o valor do imposto para remessa de dinheiro ao exterior?

A lei reduz a alíquota do IRRF de 25% para 6% nas remessas até R$ 20 mil mensais para a cobertura de gastos pessoais em viagens de turismo, negócios, serviço, treinamento ou missões oficiais. O benefício vai vigorar no período de 1º de janeiro de 2023 a 31 de dezembro de 2024.