3 mins read

O que é sonda nasogástrica e para que serve?

Qual a diferença entre a sonda nasoenteral e sonda nasogástrica?

A sonda nasoenteral é passada da narina até o intestino. Difere da sonda nasogástrica, por ter o calibre mais fino, causando assim, menos trauma ao esôfago, e por alojar-se diretamente no intestino, necessitando de controle por Raios-X para verificação do local da sonda.

O que é sonda nasoenteral e para que serve?

A sondagem nasoentérica é a passagem de uma sonda através das fossas nasais, geralmente até o jejuno com a finalidade de alimentar e hidratar. Esta sonda causa menos traumas que a sonda nasogástrica, podendo permanecer por mais tempo, e reduz o risco de regurgitação e aspiração traqueal.
Em cache

Qual é a finalidade da sonda?

No contexto básico, a sonda é um tubo que penetra nas cavidades do corpo ou em uma incisão feita por cirurgia. Medicamentos, soro e sangue passam por esse tubo de plástico ou borracha, que também pode ser utilizado para exames.
Em cache

Quem deve passar a sonda nasogástrica?

Recentemente saiu a RESOLUÇÃO COFEN 619-2019 que veio NORMATIZAR a atuação da Equipe de Enfermagem na passagem de sondas (nasogástricas, orogástricas, nasoentéricas). Na RESOLUÇÃO, foi decidido pelo COFEN que o procedimento é PRIVATIVO do Enfermeiro na Equipe de Enfermagem.

Quando a sonda nasogástrica é indicada?

A sonda nasogástrica define-se como um tubo inserido desde o nariz até ao estômago. Utiliza-se para administrar alimentos, líquidos e medicamentos a pessoas sem capacidade de deglutição ou quando a quantidade fornecida não é suficiente.

Quanto tempo o paciente pode ficar com a sonda nasogástrica?

Por serem resistentes podem permanecer no paciente por longo tempo (5 meses ou mais), sendo necessária a troca somente quando apresentarem problemas como ruptura, obstrução ou mal funcionamento.

Quais são os riscos de se passar a sonda nasogástrica?

A primeira categoria principal, Eventos adversos mecânicos, apresentou as seguintes subcategorias: complicações respiratórias; complicações esofágicas ou faríngeas; obstrução da sonda; perfuração intestinal; perfuração intracraniana; e remoção acidental da sonda.

Quem está com sonda nasogástrica pode se alimentar pela boca?

Já no caso da sonda nasoenteral, ela é usada para alimentação quando o paciente não consegue se alimentar normalmente pela boca. Então em resumo, se está em uso de uma sonda nasogástrica aberta para um coletor externo, tudo que for ingerido pela boca poderá voltar e sair pela sonda nasogástrica.

Quais os riscos da sonda nasogástrica?

A primeira categoria principal, Eventos adversos mecânicos, apresentou as seguintes subcategorias: complicações respiratórias; complicações esofágicas ou faríngeas; obstrução da sonda; perfuração intestinal; perfuração intracraniana; e remoção acidental da sonda.

Quanto tempo uma pessoa pode ficar com sonda nasogástrica?

Por serem resistentes podem permanecer no paciente por longo tempo (5 meses ou mais), sendo necessária a troca somente quando apresentarem problemas como ruptura, obstrução ou mal funcionamento.

Quantos dias o paciente pode ficar com a sonda nasogástrica?

As sondas devem ser trocadas sempre que houver algum problema, como rachadura, obstrução ou maus posicionamento e funcionamento. Caso contrário, um paciente pode permanecer com a mesma sonda por até 5 meses, ou mais.